American Jazz Philharmonic

Lá estava eu buscando um pouco de luz com qualidade na minha coleção de CDs e me deparei com esse trabalho. Foi, imediatamente, levado ao carro e ficou como companheiro dos meus trajetos urbanos de vidros fechados pra fugir dos ignorantes com seu som alto. [O detalhe importante é que é contra a lei, mas eles andam por aí sem problema algum e as prefeituras continuam distribuindo alvarás para que empresas façam algo ilegal e instalem o tal do som. É uma sociedade estranha onde professores são expostos a agressões físicas e humilhados e criminosos são protegidos.]

A obra, que tem a direção de Jack Elliot, inclui 10 sopros, 13 de bronze, 24 cordas, harpa, piano, 3 contrabaixos, tambores e 3 percussionistas e o resultado é maravilhoso. Li algumas críticas imbecis de algumas pessoas que não tem razão na vida além de acharem defeito no trabalho dos outros sem qualquer condição de criar algo [idiotas no mais alto grau!]. Não as leia, pois apenas estarás perdendo tempo e um precioso tempo de escutar a delícia que é deixar-se envolver pelo trabalho que realizaram. Escolha um bom vinho, sente-se em sua poltrona preferida, feche os olhos e deixe o som rolar pela sala. Será uma viagem esplêndida.

Igor Luchese

Anúncios