44_inverno2

Não estou sendo precipitado e tenho certeza de que é um dos 10 melhores livros que li em toda a minha vida. O Diário de Inverno é algo sem igual. Transborda essência e experiência de vida com cheiro de pele. É um livro de memórias, onde o autor, entre as questões que envolvem relacionamentos familiares (e quem não os tem) pitorescos e carregados de incertezas, injustiças e muita esperança, faz um passeio pelo que o corpo vivenciou (comidas, cigarros, viagens, experiências sexuais, acidentes, o frio, o calor entre tantas outras experiências). A condução da sua jornada de vida é sem igual e deliciosa de se partilhar. Não tem mais o que dizer a não ser como comecei o texto: tenho certeza que é um dos 10 melhores livros que li. Leiam e aproveitem a oportunidade de uma jornada maravilhosa.

Igor Luchese