Uma caixa azul com algumas coisas e uma constatação: Por isso a gente acabou.

Daniel Handler escreveu o que representa um pedacinho muito importante na vida de duas pessoas: Min e Al. Min que teve seu coração partido em muitos pedaços e seu amigo Al, que soube esperar por ela. O miserável de espírito que quebrou o coração dela nem merece ser citado e isso ocorre com todas as mulheres, em todos os tempos. Deparar-se com um cafajeste de primeira e ser manipulada por ele. Nem todas conseguem ver quem realmente está ao seu lado, mas as felizardas são presenteadas com o paraíso do amor sincero. O livro é ótimo e sente-se a dor da ilusão a cada página lida. As ilustrações de Maira Kalman são absolutamente inseparáveis da obra e nos conduzem mais ainda ao universo de dor de Min Green. Mas, apesar da dor, muito se degusta de amor, alegria e amizade sincera. Espero que vocês agarrem o livro e aventurem-se com a dor da separação de Min Green. Muito, muito bom.