Quando a pimenta arde, não adianta tomar água. Tomar água depois de morder uma pimenta é uma péssima ideia. Em vez de aliviar a ardência, isso vai espalhá-la pela língua. O melhor é tomar um bom gole de leite.

A ardência provocada por algumas pimentas é uma espécie de ilusão gustativa. Sua causa é a capsaicina, substância produzida pela placenta da pimenta. Trata-se de uma defesa natural desenvolvida pelas pimenteiras: quando ingerida, envia uma falsa mensagem ao cérebro, dando a impressão de abrasamento, como se a pele ou as mucosas estivessem pegando fogo.

A capsaicina não se dilui em água, mas se dissolve em gordura. É por isso que um copo de leite integral funciona muito mais na hora de apagar o incêndio em sua boca.

E pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram também que substâncias ácidas costumam ativar a salivação. E a saliva é um bom neutralizador da ardência provocada pelas pimentas. Portanto uma colherinha de vinagre ou uma lambida em um limão bem azedo também podem aliviar o ardume.