Para os fãs de Nabokov e para os que gostam de ver originais de autores, o livro “O Original de Laura” de Vladimir Nabokov é um achado. Sim, você está certo ao lembrar de Lolita – é ele o autor da famosa obra. O livro é página por página da obra com o rabisco do autor e a sua transcrição.
Guardado a sete chaves desde o final dos anos 1970, O Original de Laura, último romance de Vladimir Nabokov tem uma edição requintada. Em seus últimos dias de vida, o autor pediu que o manuscrito fosse destruído. A decisão final, no entanto, foi adiada ao longo de décadas. Ao ler estas fichas escritas a mão, com suas rasuras e a letra miúda, podemos acompanhar um pouco o processo criativo de Nabokov enquanto ele compõe, gradualmente, uma história sobre adultério e mortalidade. Encontraremos sua ironia, seu texto preciso ao descrever figuras que remetem aos grandes personagens de seus romances mais importantes: Lolita, Pnin e Fogo Pálido. É um livro fundamental para compreender a obra de um dos mais originais escritores do século XX.
Conforme o jornal Independent: “Um dos segredos mais ferozmente guardados da literatura, a obra-prima inacabada de um grande autor que permaneceu enclausurada nos cofres de um banco suíço por mais de três décadas”.