Foi concluída uma teoria universal sobre tudo aquilo que nos faz rir – é a teoria de reconhecimento de padrões do humor, do pesquisador Alistair Clarke, da Universidade West England. Ele sugere que o bom humor é uma função cognitiva fundamental, essencial para o sucesso das espécies. Segundo ele, as descobertas do estudo serão aplicadas de diversas formas, incluindo colocar senso de humor em robôs.